Tudo que você sempre quis saber sobre coaching e nunca teve coragem de perguntar

Respondido com sinceridade aqui

Todas as perguntas que as pessoas me enviam ou fazem diretamente sobre coaching, além de responder diretamente para a pessoa, vou começar a responder por aqui também.

  • Coaching funciona?
    • Como tudo na vida, funciona para quem se esforça. Durante o processo de coaching vou te propor uma série de atividades que você terá que fazer entre os encontros, e quanto mais você se esforçar, maior será o seu processo de autoconhecimento, e consequentemente terá mais chances de chegar às respostas que procura.

  • Para que serve o coaching?
    • Eu defino coaching como o autoconhecimento focado em um objetivo. Então no processo de coaching você vai definir um objetivo (ou já vai chegar com ele definido), e vou te propor uma série de perguntas e atividades para você se conhecer melhor, focando no que você precisa se perceber, refletir e aprimorar para atingir seu objetivo.
      Após isso te ajudo a pensar fora da caixa para construir um plano de ação para alcançá-lo, te trazendo outras visões e possibilidades.
      Por fim eu te acompanho no início da execução do plano, pois a gente sabe que o início é a parte mais difícil e quando assumimos um compromisso com alguém tem muito mais chance de não desistirmos no caminho.
  • Como saber se preciso de coaching?
    • Existem basicamente duas situações. Na primeira você quer mudar de área, mas não sabe bem para qual área seguir. Na segunda você já tem um objetivo definido mas não sabe bem como chegar lá. Nesse caso, o coaching não se aplica somente a situações da vida profissional, mas da vida pessoal também.
      Entretanto se você quiser investigar o passado para entender mais a fundo suas dificuldades, ou obter conselhos para subir na carreira, o coaching não é o melhor caminho nesse momento.
  • Como funciona um encontro de coaching? O que acontece?
    • A pessoa chega no coaching com uma questão a ser resolvida, e ao longo dos encontros vou propondo perguntas e atividades que farão com que você mesmo chegue nas respostas que procura. É importante ficar claro que o coach não dá respostas prontas, ele te ajuda a chegar nas suas próprias respostas. Para isso não pode ser um processo intuitivo, mas utiliza metodologia e ferramentas práticas.

  • Eu posso fazer o processo inteiro de coaching e não dar em nada?
    • Não costuma acontecer, mas até pode. E se mesmo depois de tantas reflexões, em 12 encontros você não chegar em nenhuma conclusão, é porque precisa desenvolver a habilidade de tomada de decisão, que também pode ser trabalhada em um novo processo de coaching. Mas o processo de autoconhecimento é tão grande, que ainda que você não chegasse a nenhuma conclusão,  valeria a pena apenas pelo quanto você aprendeu sobre si mesmo.

  • Eu posso terminar em menos ou precisar de mais encontros?
    • Normalmente o coaching dura em torno de 12 encontros. Ele até pode ser concluído em menos tempo, mas não é recomendável acelerar o processo, sob o risco de não se conseguir uma reflexão aprofundada o suficiente. E existem razões que fazem as pessoas quererem seguir com o coaching por mais tempo, seja para ter um acompanhamento mais próximo do andamento do seu plano de ação ou desenvolver mais alguma habilidade. Mas qualquer um dos casos é sempre uma escolha da pessoa.

  • Coaching por Skype funciona?
    • O atendimento nesse formato não compromete em nada o processo de coaching, ocorre exatamente igual e tem os mesmos resultados. É interessante para quem viaja muito, tem dificuldade para se locomover até o local de atendimento, não tem disponibilidade em horários convencionais, ou mesmo precisa de flexibilidade do coach para atendê-lo em horários variados a cada semana. Existem pessoas que estranham na primeira conversa, mas já na segunda costumam ficar mais à vontade.

  • É melhor eu fazer coaching ou terapia? Qual a diferença?
    • Terapia
      – Oferece insights que podem levar a pessoa a perceber a necessidade de mudar o seu comportamento ou se reconciliar consigo mesma
      – Somente um psicólogo pode conduzi-lo
      – Normalmente não gera plano de ação, ou seja, você entende que precisa mudar, mas muitas vezes não sabe como
      – Foco no passado
      – Duração indefinida
      Coaching
      – É um processo em que, a partir de perguntas e atividades propostas pelo coach, o próprio coachee chegará às respostas que procura
      – Pode ser conduzido por um profissional de qualquer área de atuação desde que tenha formação de qualidade para atuar como coach, mas é interessante que ele tenha passado por desafios similares aos seus (ex. transição de carreira)
      – Sempre gera plano de ação para conquistar o objetivo definido e o coach acompanha o início do plano, para te ajudar em eventuais correções de rota, obstáculos, e para te incentivar já que o começo é a parte mais difícil
      – Foco no futuro
      – Duração pré-definida, com muito pouca variação eventual
  • E se no meio do processo a gente identificar que o meu caso seria para terapia?
    • Eu te aviso sobre essa conclusão, a gente pára o processo onde ele está e eu te devolvo o pagamento adiantado se houver.

  • Qual a diferença entre coaching e mentoring?
    • Mentoring
      – Alguém mais experiente que você na mesma área de atuação que você trabalha
      – Dá conselhos a partir da sua própria experiência
      – Não tem duração definida
      Coaching
      – É um processo em que, a partir de perguntas e atividades propostas pelo coach, o próprio coachee chegará às respostas que procura
      – O coach não precisa ser da mesma área de atuação, desde que ele tenha uma formação adequada para atuar como coach, mas é interessante que ele tenha passado por desafios similares aos seus (ex. transição de carreira)
      – Sempre gera plano de ação para conquistar o objetivo definido e o coach acompanha o início do plano, para te ajudar em eventuais correções de rota, obstáculos, e para te incentivar já que o começo é a parte mais difícil
      – Foco no futuro
      – Duração pré-definida, com muito pouca variação eventual
  • Coaching ajuda na recolocação profissional (outplacement)?
    • Não. Outplacement é para quem busca apoio no processo de mudança de emprego, estando empregado ou não. Ajuda a fazer um bom currículo, indica vagas, prepara a pessoa para entrevistas e ajuda a fazer networking.

  • Qual a diferença entre Life Coaching, Coaching de Carreira e Executive Coaching?
    • Executive Coaching: Você sabe onde quer chegar na sua vida profissional, mas não sabe como.
      Life Coaching: Sabe onde quer chegar em algum aspecto específico na sua vida, mas não sabe como.
      Coaching de Carreira: Não sabe o que quer fazer na vida profissional, ou está dividido entre opções (ex. ser ou não expatriado).
  • O que devo levar em conta ao escolher um coach?
    • Coaching deve ser um processo agradável, gostoso na maior parte do tempo. Procure alguém com quem você tenha empatia e goste de conversar. No entanto, lembre-se de escolher alguém que consiga te contrariar quando for necessário, de forma leve, tranquila, mas ele tem que te tirar da sua zona de conforto.
      Como o coaching não é uma profissão regulamentada, existem muitas pessoas sem formação no mercado. Além disso, cada instituição tem metodologias e níveis de consistência bastante diferentes uma da outra. Procure saber onde esse profissional fez a sua formação, qual é a linha que essa instituição segue, e quais são as referências onde esse coach busca aprendizado, pois você pode não se identificar com a sua forma de trabalho.
      Você também pode pedir o contato de alguém que passou pelo processo de coaching com essa pessoa. Pergunte sobre a técnica e o comportamento do coach.
      Entendo que a maioria das pessoas chega em um processo de coaching fragilizada, angustiada, perdida. Essa pessoa não quer se comunicar com uma organização, ou com um ser superior que sabe tudo, ela quer alguém de carne e osso. Por isso é importante procurar alguém que se coloque como pessoa igual a você.
      Fiz um post sobre como eu vejo o meu trabalho no blog http://www.repensesuacarreira.life/o-que-eu-penso-s…e-o-meu-trabalho/
  • O coach tem que ser da minha área de atuação? Ou da área para a qual pretendo migrar (se for o caso)?
    • Não tem que ser de nenhuma das duas áreas, desde que tenha a formação adequada para atuar como coach. Mas é interessante que ele tenha passado pelas mesmas experiências que você (ex. uma transição de carreira), mesmo que em outra área, porque ele consegue materializar melhor o seu problema e dificuldades.

  • Como fazer uma transição mais tranquila?
    • Existem diversas formas de tornar esse momento mais tranquilo e que a gente vai trabalhando ao longo do processo de coaching. Por exemplo:
      Mapeie os impactos nas pessoas que moram com você, pois como o dinheiro é escasso, você provavelmente terá que negociar uma priorização entre os seus sonhos e os sonhos delas.
      Invista o mínimo de dinheiro possível até que comece a ganhar dinheiro com o seu negócio (leia a resposta da pergunta É possível fazer uma transição sem dinheiro? para saber como fazer isso)
  • Não gosto do meu trabalho, mas não sei do que eu gosto. Como descobrir o que eu gosto de fazer?
    • É importante você experimentar outras coisas. Acompanhe um amigo que faz uma atividade por um dia, faça uma atividade como hobby, faça cursos em outra área, trabalhe como voluntário em uma organização, entreviste pessoas que atuam nas área que você tem interesse.

  • É possível fazer uma transição sem dinheiro?
    • Sim. Algumas formas de se fazer isso são: prototipar (fazer em pequenas quantidades para pessoas conhecidas), fazer a atividade nas horas vagas até fazer um nome no mercado, fazer algo na sua área atual que te aproxime do que você quer, ter vários projetos em paralelo de forma que cada um te dê um pouco de dinheiro e a soma seja o bastante pra viver, permanecer na sua área como freelancer part time e se dedicar ao que quer no resto do tempo, começar na internet que te dá mais flexibilidade de horários, utilizar recursos dos outros para trabalhar, divulgar e vender até que comece a ganhar dinheiro para ter os seus próprios recursos, ou buscar um investidor anjo.

  • O que pode acontecer ao final do trabalho de coaching?
    • Se você já tem um objetivo e precisa de ajuda para chegar lá:
      – O que você precisa melhorar em si mesmo para atingir sua meta
      – Plano de ação para melhorar o que precisa (e assim ficar mais próximo de atingir a sua meta)
      Se você quer (re)definir seu objetivo de carreira:
      – Mudança de área
      – Mudar a forma do emprego, que pode ser inventar o próprio emprego, se tornar freelancer, empreendedor, profissional liberal, nômade digital, consultor, fazer outra formação, mudar de empresa
      – Escolha de uma área (jovens)
      – Definição de rota (graduações abrangentes, antes de uma mudança de emprego)
      – Tomada de decisão (quero ser promovido? expatriado?)
  • Em quanto tempo vou atingir meus resultados?
    • Se você já tem um objetivo e precisa de ajuda para chegar lá: ainda durante o processo de coaching você perceberá a mudança no comportamento que precisa melhorar para alcançar seu objetivo.
      Se você quer (re)definir seu objetivo de carreira: você conseguirá redefinir seu objetivo, montar um plano para a transição e começará a executá-lo, mas provavelmente não concluirá a mudança durante o processo de coaching, uma vez que isso costuma demorar alguns meses ou até anos.
  • Como garantir que terei resultados com o coaching?
    • Infelizmente eu não tenho como garantir os seus resultados, mas garanto que vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para te ajudar e que tenho as ferramentas para isso. O resultado depende do seu comprometimento com o processo, uma vez que as respostas vêm de você.

 

Se você não encontrou a resposta para a sua dúvida, envie uma pergunta: