Desafio 21 dias para repensar sua carreira

Desafio 21 dias para repensar sua carreira

Há poucas semanas concluí um trabalho com 450 pessoas que toparam o desafio de repensar suas carreiras durante 21 dias, e
Read More
Você sabe o que é coaching? Isso funciona mesmo? O que acontece em uma sessão?

Você sabe o que é coaching? Isso funciona mesmo? O que acontece em uma sessão?

Quem já passeou aqui no meu site deve ter visto que tem uma sessão de FAQ, onde eu posto as perguntas que
Read More
10 dicas para você alcançar seus objetivos de ano novo – ainda esse ano!

10 dicas para você alcançar seus objetivos de ano novo – ainda esse ano!

Uau! Já está vendendo panetone no supermercado, mas ainda estamos em setembro! Pera, setembro... Ah não, não acredito que não
Read More
8 cursos para empreendedores não convencionais

8 cursos para empreendedores não convencionais

Cada vez mais percebemos que as formações tradicionais não vão nos dar as respostas para lidar com as dificuldades da
Read More
25 pequenas coisas que consegui mudar na minha vida quando saí do mundo corporativo

25 pequenas coisas que consegui mudar na minha vida quando saí do mundo corporativo

1. Hidratar meu cabelo em casa toda semana 2. Não ficar com vontade de chorar no domingo à noite 3. Não acordar mais
Read More
Quanto conhecimento preciso para conseguir fazer algo de bom para o mundo?

Quanto conhecimento preciso para conseguir fazer algo de bom para o mundo?

Atualmente temos muita vontade de saber, por conta da competitividade no mercado de trabalho, porque sempre parece que todo mundo sabe tudo menos a gente, e do fácil acesso ao conhecimento.

Contudo, muitos de nós acabamos nos dedicando exaustivamente a agregar mais e mais conhecimento, e não o usamos para nada. Nos dias atuais consumimos muito de coisas que depois usamos pouco, inclusive no que se refere a conhecimento. Ficamos ansiosos por saber cada vez mais, nunca parece que temos conhecimento suficiente. Mas a nossa necessidade de acumular conhecimento consome todo o tempo disponível para isso e não conseguimos parar para refletir sobre ele, absorve-lo e aplica-lo. Muitas vezes nem temos paciência para aplica-lo na verdade. Buscamos tanto conhecimento porque nunca nos sentimos prontos para fazer nada.

Ando pensando sobre isso porque eu faço Krav Maga, e a partir da faixa laranja você já pode começar a monitorar nas aulas, ajudando individualmente seus colegas das faixas anteriores. Como eu gosto muito de ensinar, fiquei meus dois anos de faixa laranja pensando em me oferecer para ajudar, mas sempre achei que não sabia o suficiente. Afinal eu só tinha por volta de 3 anos de treino, recém estava na terceira faixa, e tenho no mínimo 12 anos pela frente. Então comecei a observar os treinos no canto do tatame e com o tempo fui percebendo que eu poderia perfeitamente fazer isso, com o conhecimento que eu já tinha. Conseguia identificar erros na aplicação da técnica, explicar os movimentos com certa precisão, ajuda-los a entender o porque de cada gesto. E finalmente criei coragem para ajudar.

Não estou de maneira alguma dizendo que devemos parar de aprender. Pelo contrário, eu também sou uma dessas pessoas que busca conhecimento incessantemente. Para conseguir refletir melhor, para encontrar novas maneiras de ajudar as pessoas no meu trabalho, porque simplesmente me interesso por uma variedade enorme de temas, para usar o meu tempo livre de forma (pelo menos supostamente) útil, e até porque saber faz bem para a minha auto-estima.

Mas a verdade é que você não precisa saber tudo, só precisa saber o bastante para conseguir ajudar alguém. Sempre haverá alguém que sabe menos do que você, e pra quem o conhecimento que você tem irá ajudar muito. Como a gente não sabe muita coisa e nunca vai chegar o dia em que vamos achar que já temos conhecimento suficiente, não adianta esperar a hora certa de fazer algo de bom para o mundo com o nosso conhecimento, porque essa hora não vai chegar. Lembre-se que quem disse a famosa frase “Só sei que nada sei” foi Sócrates, um dos maiores filósofos de todos os tempos.